Idade vs. qualidade de vida – o debate

0
COMPARTILHAMENTOS
38
VISUALIZAÇÕES

Hoje, vamos falar de qualidade de vida!

Muito se fala que vamos viver mais de 100 anos, isso é bom? Depende… se a qualidade de vida for boa, sim!

Importante perceber que o envelhecimento é um processo que se inicia no momento em que nascemos. A evolução no nosso corpo, o crescimento, o desenvolvimento intelectual, maturidade, tudo faz parte do nosso processo de envelhecimento. Portanto, não basta querer envelhecer de forma saudável e com tranquilidade a partir dos 59 anos de idade. Lembrando que idoso no Brasil é a pessoa acima de 60 anos, de acordo com o Estatuto do Idoso.

É importante que essa preocupação sempre exista. Tem aqueles chavões que todos nós conhecemos e que são super importantes: comer saudável, fazer exercício físico, exercitar a mente etc. E, na minha opinião, dá para ser algo ainda mais gostoso. Além de tudo isso, que tal pensar em viagens interessantes, em que você vai caminhar bastante e, muitas vezes sem perceber, vai conhecer lugares novos, ver paisagens bonitas, comer coisas diferentes e conhecer novas culturas?

Outro ponto muito importante: amizades. São os amigos que vão estar ao nosso lado quando a gente precisar. Os filhos crescem e têm as suas vidas. Nossos companheiros trabalham e também têm seus interesses. Cultivar novas e antigas amizades é muito importante. Um bom papo, uma risada gostosa, uma confissão, às vezes, valem mais que uma terapia. Normalmente, os amigos têm interesses parecidos, então, não perca essa chance.

Dentro da nossa cidade de São Paulo, também há experiências incríveis, cinemas, teatros, exposições de arte, basta escolher… em boa companhia, melhor ainda!

Outra coisa muito importante: sempre ter projetos em mente – ajudar alguém, cuidar de alguma coisa, um trabalho voluntário, um jogo, um livro, enfim, opções não faltam, mas elas não caem em nosso colo. O melhor de tudo é que, a partir de certa idade, as obrigações diminuem, e sobra muito mais tempo livre para fazer o que quisermos!

Portanto, sempre devemos estar atento às coisas que ocorrem à nossa volta, em nosso espaço, as pessoas que nos cercam, e as coisas que gostamos de fazer. Diversão assim pode ser um jeito incrível de envelhecer com saúde.

Patricia Lerner Sereno

Patricia Lerner Sereno

Patricia Lerner Sereno tem 44 anos, é formada em Direito e em Psicologia, com especialização em Psicologia Hospitalar e Psicogerontologia. Hoje, é sócia da ASL Cuidadores, empresa especializada em cuidadores de idosos e pessoas especiais, e Diretora do Serviço Social da UNIBES.

Próximo Artigo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Peça o contato dos especialistas em planos de saúdePeça o contato dos especialistas em planos de saúdePeça o contato dos especialistas em planos de saúde

Dicas sobre planos de saúde

Leia mais

Entre na sua conta abaixo

Preencha o formulário para registrar-se

Recuperar senha

Favor inserir seu usuário ou email para alterar a senha.